Farol de milha e farol de neblina: existe diferença?

Quando o assunto é equipamentos para carros, certamente a maioria dos consumidores irá priorizar itens que ofereçam mais segurança contra acidentes durante um percurso, como por exemplo o farol de milha. O farol de milha é um item muito útil na estrada, em viagens noturnas.

Mas também é certo que a grande maioria desses mesmos consumidores não sabe a diferença desse acessório com o farol de neblina. E podemos garantir que há uma grande diferença entre estes dois itens, principalmente nas situações em que devem ser utilizados.

E você, sabe a diferença entre o farol de milha e o farol de neblina?

Explicaremos tudo sobre farol de milha e o farol de neblina neste post para que você não tenha mais dúvidas!

Faróis de milha

A função do farol de milha é iluminar à longa distância. Por isso têm este nome, farol de “milha” (1.609 metros) – sua luz alcança uma distância bem maior que a luz do farol alto. Além de iluminar à distância, a luz é totalmente focada, em feixe estreito e em linha reta, para evitar a dispersão da iluminação. Os Faróis de milha devem ser instalados na parte da frente do veículo na mesma altura que os faróis normais.

Faróis de milha são sempre brancos, uma vez que as luzes brancas são mais fortes.

Os faróis de milha podem não ser muito necessários nas ruas das cidades, onde há bastante iluminação de postes durante a noite. Mas nas estradas, em que os faróis altos do veículo podem não ser suficientes para uma iluminação adequada, o farol de milha é um item muito importante e que aumenta a segurança do condutor.

Vale ressaltar que é preciso ter cuidado no uso do farol de milha com os veículos que circulam no sentido contrário. Por ter uma luz muito forte, o farol de milha pode atrapalhar a visão de outros motoristas.

Faróis de neblina

Os faróis de neblina têm como função iluminar à curta distância, em ambientes com baixa visibilidade, como áreas de neblina, nevoeiro, chuva forte ou fumaça. São projetados para serem usados ​​a baixa velocidade.

É também um item muito importante para a segurança, pois ajuda o condutor a enxergar melhor em situações com baixa visibilidade. Nessas situações (neblina, nevoeiro, chuva forte ou fumaça), a luz do farol convencional acaba sendo refletida nas partículas da neblina, da chuva ou da poeira que estiverem no ar, promovendo um brilho que atrapalha a visão do condutor. Já a luz do farol de neblina não é refletida nas partículas do ar pois está direcionada para o chão – visando a iluminação da estrada, do trecho que estiver logo à frente do carro.

Por esta razão é essencial que o farol de neblina seja instalado próximo ao chão, em uma altura de até 30 cm – assim cumprirá adequadamente a sua função. 

Outra particularidade do farol de neblina é que a luz amarela é a mais utilizada, pois funcionam melhor em condições de baixa visibilidade que a luz branca.

E você sabia que o uso indevido do farol de milha e de neblina é considerado uma infração sujeita à multa?

O uso do farol de neblina na cidade é considerado uma infração média. Já na estrada, se o farol de neblina for utilizado sem necessidade e de maneira que atrapalhe os motoristas que vem na direção oposta, o motorista pode estar cometendo uma infração grave. Usar o farol de neblina no lugar do farol baixo nas estradas e rodovias é uma infração média.

O farol de milha também não pode ser usado em cidades. Nas estradas, o farol de milha só pode ser usado em situação de baixa luminosidade ou sem iluminação, desde que não prejudique a visibilidade de outros motoristas. O uso em cidades pode resultar em infração média, e o uso em estradas em situações onde outros motoristas vem na direção oposta, pode resultar em infração grave.

Por estas razões, é importante que você saiba as funções e diferenças entre os faróis de milha e de neblina. E também é muito importante saber em quais situações o uso é recomendado ou proibido. Além disso, ressaltamos a importância de manter os faróis de milha e de neblina em perfeito estado de utilização, para que ofereçam a segurança necessária ao condutor numa situação perigosa de falta de luz e baixa visibilidade na estrada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *